Publicidade

Yukaline - Conecta você.

Concessionárias reforçam pedido para que consumidores economizem

Da Região - O aumento no consumo ainda têm deixado muita gente sem água no auge da temporada. Nesta semana, moradores das praias Grande, Poá, Cascalho e áreas mais altas de Penha têm relatado problemas no fornecimento. O mesmo se repete na região norte de Balneário Piçarras, onde a falta de pressão na rede deixa torneiras secas.

Publicidade

Em nota, a Águas de Penha afirmou que o problema é decorrente do aumento no consumo durante esta época do ano. A concessionária já havia emitido um alerta a respeito no domingo (31), quando uma manutenção nas bombas da Estação de Tratamento (ETA) de Piçarras, da qual Penha compra água tratada, diminuíram ainda mais a pressão.

Diferentes pontos do sistema e ruas de final de rede estão com baixa pressão no abastecimento neste domingo, dia 31 de dezembro. Devido à manutenção das bombas, a previsão de normalização do abastecimento é de ocorrer na madrugada de domingo para segunda - afirma a nota.

No entanto, liderança comunitárias da Praia Grande relataram nesta terça-feira (2) e quarta-feira (3) regiões há mais de 50 horas sem água. Nesses casos, os moradores estão sendo orientados a cobrar a concessionária, anotar o protocolo e esperar no máximo 24 horas antes de chamar um caminhão-pipa particular. É importante guardar a nota fiscal:

- Depois nós vamos orientar também que as pessoas peçam ressarcimento desse custo que é uma obrigação da concessionária. É muito fácil cobrar, cortar em 30 dias e não fornecer água quando precisa.  A gente entende a limitação, mas tem que ter um planejamento. E esse ano foi o pior de todos, porque nem na rede está entrando - protesta o presidente da Associação de Moradores e Amigos da Praia Grande, Cascalho e Poá (AMAPG), Gilberto Mazoni.

Para solicitar um caminhão-pipa, o cliente deve procurar os canais de atendimento da Águas de Penha. Após concluída esta etapa, a solicitação entra para a programação na sequência do pedido. A concessionária atende no telefone 0800 595 4444 (ligações de telefone fixo), (47) 4063-9268 (ligações de celular), Whatsapp (47) 99234-1414 ou pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Piçarras

No bairro Itacolomi, onde ainda não há um reservatório próprio, os problemas com abastecimento são frequentes e se repetem ano a ano, principalmente nas regiões mais elevadas. De acordo com a Casan, a Estação de Tratamento de Água (ETA) que atende os dois municípios está trabalhando em sua capacidade máxima.

Temos três bombas trabalhando sem parar para dar conta - afirma o gerente Luiz Pereira.

Segundo ele, estão sendo consumidos durante esta semana por Piçarras e Penha uma média de 236 litros por segundo de água tratada, contra 140 litros da baixa temporada.

Para relatar problemas na rede da Casan, os consumidores podem acionar o telefone 0800 643 0195. O escritório da concessionária está localizado na Rua Albano Schultz, 6, no Centro e o telefone é o 3345 0739.

Leia também:
Publicidade
  • 1
X

Right Click

No right click