fbpx
Máscaras e jalecos são feitos por alunos da oficina de costura
Compartilhe:

PIÇARRAS - Alunos do curso de costura criativa da Fundação Municipal de Cultura e artesãos do município estão confeccionando máscaras de pano e TNT e jalecos para distribuir aos profissionais da saúde de Balneário Piçarras. A produção está sendo feita em casa pelos alunos e passará por etapas de higienização antes da distribuição.

A iniciativa foi tomada para auxiliar médicos e profissionais da saúde a se proteger da contaminação pelo COVID-19. Até o momento foram produzidas 400 peças de máscaras que serão encaminhadas para a devida higienização e depois seguem para a Secretaria de Saúde de Balneário Piçarras.

Já a produção dos jalecos teve início no dia 23 de março.

“Queremos proporcionar aos médicos que atendam utilizando jalecos descartáveis, evitando que utilizem a mesma peça em mais de um atendimento. Dessa forma ajudamos a evitar a proliferação do coronavírus dentro das unidades de saúde”, explica a professora do curso de costura criativa, Valéria Hanyama.

Toda a confecção está sendo feita em casa seguindo as normas de isolamento social. As peças são produzidas com máquinas de costura dos próprios alunos ou por empréstimo da Fundação Municipal de Cultura e do SENAI.

“Vivemos um momento em que é preciso solidariedade. Cada um ajuda como pode mesmo em quarentena. A iniciativa não só auxilia os médicos como ajuda as pessoas a ocuparem a mente e lidarem com mais facilidade o isolamento social”, afirma a Presidente da Fundação Cultural, Silvana Rebello.

Quem quiser ajudar deve entrar em contato com Valéria (47) 98404-7258. A matéria prima é cedida pela Fundação Municipal de Cultura.

Voluntários e agentes públicos articulam rede de assistência à população mais vulnerável​

Leia também:
 Ações devem ajudar população mais vulnerável aos efeitos econômicos da pandemia
 Penha tem duas suspeitas e casos confirmados de Covid-19 somam 44 na microrregião
Compartilhe:
  • 1
  • 2