Publicidade

Yukaline - Conecta você

Veranistas são o público predominante na alta temporada

Piçarras - O comércio local fez um balanço positivo da temporada de verão 2017/2018. A maioria (49,1%) a considerou boa e regular (30,2%). Outros 13,2% a avaliaram como ótima e para 7,5% foi ruim ou péssima. Na avaliação sobre a programação de verão elaborada pelo governo municipal, 54,7% responderam que foi boa; 28,3%, ótima; 13,2%, regular e 3,8%, ruim e péssima.

Publicidade

Os dados que foram divulgados pela Secretaria de Turismo indicam que, na comparação com a temporada passada, 62,3% dos comerciantes afirmam que o movimento e o faturamento foi superior ou igual; 26,4% disseram que foi inferior e 11,3% não responderam.

Outro estudo divulgado parcialmente pela Prefeitura dia 3 indica que o perfil típico de “veranista” ainda predomina entre os visitantes que acorrem ao município de Piçarras. São famílias de Santa Catarina e Paraná que visitam a praia com frequência e buscam descanso nas férias.

As informações constam da Pesquisa de Demanda Turística e foram divulgados pela Secretaria de Turismo. Foram ouvidas 444 pessoas em dois pontos da praia e no Museu Oceanográfico.

Os catarinenses (63,3%) e paranaenses (26,3%)predominam entre a população flutuante na alta temporada. Os gaúchos representam 3,9% e os paulistas, 2,7% desse público. A pesquisa levantou que a maioria é de Joinville (17,5%), Jaraguá do Sul (12,9%) e Blumenau (9,1%). A renda familiar de 61,6% dos entrevistados varia de 4 a 10 salários mínimos (R$ 3.816 a R$ 9.540).

A maioria (69,4%) dos visitantes se declara casado(a) e está na faixa etária dos 26 aos 50 anos (67,3%), dos quais 24,4% têm entre 31 e 40 anos. O grau de escolaridade de 38,4% é ensino médio completo, enquanto 27,8% tem superior completo.

- Vem crescendo a cada ano a porcentagem de pessoas que buscam informações na internet [...] Outro dado importante é a avaliação geral do destino, que também subiu em comparação com a temporada passada - conclui a secretária de Turismo Susan Correa.

O gasto médio do grupo familiar do turista ficou em R$ 326,17 por dia e a avaliação geral da cidade, em uma pontuação de 0 a 5, ficou em 4,67.

Leia também:
 
 
 
 
Publicidade
  • 1
  • 2
X

Right Click

No right click