Publicidade
IMUNIZAÇÃO
Balneário Piçarras está próxima da média estadual; Barra Velha amplia índice vacinal e Penha tem segunda menor taxa da região

REGIÃO -  Os municípios de Santa Catarina começaram a receber nesta terça-feira, dia 23, mais 146.750 novas doses da vacina contra a Covid-19 (141.000 - Coronavac / 5.750 - Astrazeneca).  Durante o fim de semana (20 e 21), o "Dia D" da vacinação deu a largada para a aplicação da primeira dose nas pessoas com idade entre 70 e 74 anos com o lote recebido dia 20/03.

As Secretaria de Saúde em Barra Velha e Penha já começaram a aplicar a dose nesse grupo prioritário, mas estão abaixo do índice alcançado em Balneário Piçarras, que inicia esta fase nesta terça-feira.

Publicidade

Segundo o relatório mais recente da Secretaria de Estado da Saúde emitido nesta segunda-feira (22), o município já atendeu 17,32% da meta para aplicação da segunda dose nos grupos de risco da primeira fase. Esse é o terceiro melhor índice da região de Itajaí, que tem média de 15,57%, equanto no estado esse valor já está em 17,65%.

23 17h regiao vacina picarras 610f2

 Em Penha o percentual está em 7,24%, segundo mais baixo dentro da regional de saúde de Itajaí. Em Barra Velha, que tinha a segunda menor cobertura vacinal da região de Joinville, o índice evoluiu para 12,68% do grupo prioritário recebeu a segunda doses. 

Continua depois da Publicidade

Confira o balanço parcial da vacinação na região:
23 17h regiao vacina cb339

O transporte das doses recebidas dia 20 começou pela manhã e contou com o apoio das forças de segurança e salvamento. Todas as doses já foram distribuídas para as centrais regionais.

Confira o balanço completo atualizado

O município de Balneário Piçarras recebeu 420 doses da Coronavac/Butantan para aplicação em idosos entre 72 e 74 anos. A vacinação ocorre em todas as Unidades Básicas de Saúde da cidade.

Ao todo, Balneário Piçarras recebeu 2.550 doses da vacina. Nas fases anteriores de vacinação, 1.280 pessoas receberam a primeira dose, enquanto a segunda dose foi aplicada em 489 habitantes.

Continua depois da Publicidade

Para mais informações, os moradores devem entrar em contato com a UBS do bairro onde habitam.
UBS Atenção Básica: (47) 3347-2004
UBS Itacolomi: (47) 3345-2061
UBS Santo Antônio: (47) 3345-3015
UBS Nossa Senhora da Paz: (47) 3345-4018
UBS Conceição: (47) 3347-0803
Extensão da Lagoa: (47) 99276-4158
UBS Morro Alto: (47) 99249-2742
UBS Central Covid: (47) 3345-0617

No fim de semana, a parceria entre Estado e municípios, proposta pela Secretaria da Saúde, para intensificar a vacinação contra a Covid-19 no fim de semana resultou em 87.262 doses aplicadas, maior número já registrado em dois dias, desde o início da vacinação.

Destas, 76.898 foram da primeira dose (D1) e 10.364 segunda (D2). Os dados são do Balanço Parcial de Vacinação divulgado nesta segunda, 22, pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive), com informações fornecidas pelos próprios municípios.

A gente propôs aos municípios a realização desta grande ação de vacinação e ficamos muito felizes com o retorno positivo que obtivemos. Durante o fim de semana, vimos equipes por todo o estado empenhadas em vacinar o maior número de pessoas possível. Foi gratificante”, ressaltou João Augusto Brancher Fuck, diretor da Dive.

Continua depois da Publicidade

Com essa aceleração na vacinação, Santa Catarina soma agora um total de 515.550 aplicadas desde o início da vacinação, no dia 18 de janeiro de 2021. Deste total, 398.136 correspondem à D1 e 117.414 à D2.

A maior parte das doses da AstraZeneca/Fiocruz serão destinadas à vacinação de um novo grupo prioritário, o dos povos e comunidades tradicionais ribeirinhas e quilombolas.

De acordo com o Ministério da Saúde (MS), essa população será contemplada com a vacina produzida pela Fiocruz, pois o intervalo de aplicação entre a primeira e a segunda dose é de 12 semanas, o que facilita o cumprimento do esquema vacinal, tendo em vista que o acesso a essas comunidades pode demandar um pouco mais de tempo e planejamento.

As demais doses, 141 mil (Coronavac/Butantan) e 900 (AstraZeneca/Fiocruz), serão destinadas integralmente à vacinação dos idosos acima de 70 anos e dos trabalhadores da saúde.

Desta vez, também seguindo recomendação do MS, o Estado fará a distribuição de 100% das doses recebidas da AstraZeneca/Fiocruz e Coronavac/Butantan para aplicação da primeira dose, pois há garantia de nova remessa de doses, no prazo adequado para que o esquema vacinal seja finalizado.

Santa Catarina já recebeu 877.590 doses das vacinas Oxford/AstraZeneca e Coronavac/Butantan.

Publicidade
X

Direitos Reservados

No right click