Publicidade
Covid-19

REGIÃO - A vacinação contra a Covid-19 entra em nova etapa no estado e, nesta semana, as cidades de Balneário Piçarras, Penha e Barra Velha dão início à imunização das pessoas com comorbidades.

Em Balneário Piçarras, a vacinação começou nesta segunda-feira (10), em todas as unidades básicas de saúde (UBSs).

Publicidade

A orientação da Secretaria de Saúde de Balneário Piçarras aos moradores do Centro é para que compareçam na UBS Santo Antônio. Não é necessário agendamento.

Em Penha, a vacinação inicia nesta terça-feira (11), nas UBSs da cidade. Para ser atendido, é necessário ter sido feito agendamento prévio, realizado pelos agentes da saúde do município.

Quem fizer parte de um dos grupos de comorbidades (lista completa mais adiante no texto), mas não foi contatado pelo município para realizar o agendamento, deve ir à UBS mais próxima e realizar ou atualizar o cadastro.

Continua depois da Publicidade

Barra Velha também dá início à esta etapa da vacinação nesta terça-feira. Por lá, o esquema funcionará de forma semelhante a Penha, com os agentes de saúde entrando em contato com os pacientes que já possuem cadastro nas unidades de saúde.

Aqueles que não tiverem cadastro ou os dados estiverem desatualizado, devem visitar uma das UBSs da cidade.

Para receber a vacina nas três cidades, é necessário apresentar um documento que comprove a comorbidade, inclusive uma cópia dele, que será retido na UBS.

Podem ser apresentados quaisquer comprovantes que atestem a comorbidade, como atestado, relatório, prescrição médica, exames ou receitas, desde que estejam dentro do prazo de validade de um ano.

Os cadastros já existentes nas unidades de saúde ou outros serviços dos municípios que comprovem a condição de risco (comorbidade) também são válidos.

Continua depois da Publicidade
51148106064 98d8d9ce52 k 1 1ce73
Serão usadas para os grupos de comorbidades doeses da vacina da AstraZeneca/Oxford/Fiocruz. (Fonte: Governo de Santa Catarina)

Grupos vacinados

Na primeira fase de vacinação, serão imunizados os seguintes grupos, conforme ordem de prioridade e o quantitativo de doses disponibilizadas pelo Governo do Estado e, consequentemente, pelo Governo Federal, responsável pela aquisição e distribuição de vacinas aos estados.

- Pessoas com Síndrome de Down, independentemente da idade (18 a 59 anos);
- Pessoas com doença renal crônica em terapia de substituição renal (diálise), independentemente da idade (18 a 59 anos);
- Pessoas transplantadas de órgão sólido ou de medula óssea, independentemente da idade (18 a 59 anos);
- Puérperas com comorbidades, independentemente da idade (maiores de 18 anos);
- Pessoas com Deficiência Permanente cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC), independentemente da idade (18 a 59 anos);
- Pessoas com comorbidades e Deficiência Permanente (55 a 59 anos).

Seguindo as diretrizes da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive) e o Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19, a lista de comorbidades é a seguinte.

- Diabetes mellitus;
- Pneumopatias crônicas graves;
- Hipertensão arterial resistente (HAR);
- Hipertensão arterial estágio 3;
- Hipertensão arterial estágios 1 e 2 com lesão em órgão-alvo e/ou comorbidade;
- Insuficiência cardíaca (IC);
- Cor-pulmonale e hipertensão pulmonar;
- Cardiopatia hipertensiva;
- Síndrome coronarianas;
- Valvopatias;
- Miocardites e Pericardiopatias;
- Doença da aorta, dos grandes vasos e fístulas arteriovenosas;
- Arritmias cardíacas;
- Cardiopatias congênita no adulto;
- Prótese valvares e dispositivos cardíacos implantados;
- Doença cerebrovascular;
- Doença renal crônica;
- Imunossuprimidos;
- Hemoglobinopatias graves;
- Obesidade mórbida;
- Cirrose hepática. 

Continua depois da Publicidade

Gestantes de fora

A Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina (SES), por precaução, decidiu suspender temporariamente a vacinação contra a Covid-19 de gestantes em todo o estado. 

Os municípios de Barra Velha e Penha anunciaram que vão seguir o decidido pela SES e aguardarão o pronunciamento oficial do Programa Nacional de Imunização (PNI) do Ministério da Saúde e da Anvisa para orientar as equipes de imunização sobre a continuidade da vacinação das gestantes contra a Covid-19 em Santa Catarina.

Leia mais: 

Vacinação de gestantes contra a Covid-19 é suspensa em SC

Publicidade
X

Direitos Reservados

No right click