Publicidade
Promenac Penha - Mais perto de você

Em outra ocorrência PRF capturou suspeito de matar esposa e filha

Carga avaliada em R$ 2 milhões tinha nota fiscal de biscoitos
Carga avaliada em R$ 2 milhões tinha nota fiscal de biscoitos

Da Região - Os policiais rodoviários federais que atuam no posto da BR-101 em Barra Velha apreenderam no sábado, dia 14, mais uma carga de cigarros contrabandeados do Paraguai. O caminhão baú com placas de Umuarama (PR) que transportava os 300 mil maços do produto foi parado por volta das 14h, durante fiscalização de rotina. No mesmo fim de semana, em Itajaí, um foragido da Justiça do Paraná foi capturado.

Publicidade

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o condutor demonstrou nervosismo durante a abordagem, o que levou os policiais a desconfiarem da autenticidade da nota fiscal apresentada - de biscoitos. Ao abrirem o compartimento de carga, os agentes constataram que, diferente do que apontava o documento, o veículo transportava 600 caixas de cigarros, avaliadas em R$ 2 milhões.

Em consulta ao sistema da PRF, os policiais constataram que o motorista, de 34 anos, já havia sido preso por contrabando no estado de Mato Grosso do Sul. Ele foi detido e conduzido, junto com os cigarros e o caminhão, à Polícia Federal de Joinville, onde responderá por contrabando e pelo uso de notas fiscais falsas.

Com esta ocorrência, a Polícia Rodoviária Federal chega à marca de 6 milhões de maços de cigarros contrabandeados apreendidos em Santa Catarina somente em 2018.

Foragido preso em Itajaí

No domingo (15), em Itajaí, policiais rodoviários federais prenderam um homem de 39 anos com três mandados de prisão expedidos pela Justiça no Paraná. Ele é suspeito de ter matado e ocultado o corpo de uma jovem de 24 anos, com quem tinha uma filha - desaparecida desde o dia 8 de dezembro do ano passado.

Foragido da Justiça do PR foi pego em operação da PRF em Itajaí (Divulgação | PRF)
Foragido da Justiça do PR foi pego em operação da PRF em Itajaí (Divulgação | PRF)

Os agentes da PRF foram informados que o procurado circulava pelo litoral norte em um veículo de Guaratuba (PR) e abordaram o suspeito em operação de rotina. Além da suspeita de assassinato e de ocultação de cadáver, ele também tinha mandado de prisão em aberto por roubo e vai responder por uso de documento falso, que apresentou aos agentes da PRF ao ser abordado em Itajaí.

Leia também:
 
 
 
 
Mais sobre: PRF;
Publicidade
  • 1
  • 2
Publicidade
Rádio Pérola FM
X

Right Click

No right click